11

Sendo assim…

Posted by Eninha A. Campos on Jul 19, 2011 in Comportamento

Dentro de cada adulto existe uma parte vulnerável que nunca cresce. Nós temos muito medo de reprovação , rejeição, de expressar nossos sentimentos mais profundos. ”Se você soubesse tudo sobre mim, você não iria gostar de mim.” Estamos certos de que os outros são mais felizes, mais sábios, mais completos. Nós não podemos correr o risco de ser comparado desfavoravelmente.

Mas prender nossas emoções torna impossível uma comunicação saudável e cria distância nos relacionamentos. A parte que temos de volta   representa toda a riqueza que os outros achariam atraente.  Há um poder oculto um magnetismo em situação de vulnerabilidade - e na vontade de partilhar sentimentos mais profundos, tanto para expressar o amor ou reconhecer os medos e necessidades.

Imagem

Os homens em nossa sociedade têm mais dificuldade em comunicar sentimentos . Muitos acreditam que expor seus pontos fracos, não é um sinal de virilidade. Esse medo impede-os de expressarem quando sentem-se , incomodados ou solitários. Pensam: “Fui criado para acreditar que  rapazes nunca choram”, ” tenho estado muito ocupado fingindo que não sinto nada porque sou macho ”

Quando um homem escapa desse condicionamento , pode haver um impressionante retrato de um homem saudável, seguro em sua masculinidade. Eu acho que quando um  homem derrama lágrimas em algumas situações (muita calma nessa hora ! he,he), mostra que ele  é humano e capaz de amar. Pessoas que não mostram fraqueza pode até pensar que  ganham estima dessa forma. Mas ocorre o inverso: são evitados .

Soube que muitos adolescentes infratores falaram de odiar pais “perfeitos”  porque eles estavam sempre certos, e as crianças sempre erradas. Um paralelo pode ser visto em casamentos nos quais um parceiro age como um pai justo a “zangar”  com o  outro por um comportamento inadequado. “Pais” cônjuges que enfatizam que eles são sempre “responsáveis, atenciosos e corretos” não conseguem entender o porquê o quê eles oferecem não é devolvido. Quem poderia devolver afeto cobrado,  e determinado “me ame assim a assado porque isso é o correto ?”

Em tese não  cubra seus medos e frustrações. Não se preocupe com seus defeitos, dessa forma você ficará em melhores condições consigo.   Pense nas pessoas que você gosta e admira… Eles não são super pessoas. Elas erram, elas choram, elas desesperam. Eles são reais - e seres humanos vulneráveis.

Lembre-se que você é uma pessoa, não uma máquina. Às vezes você vai cometer erros, vai ser confundido, vai dizer coisas que  vai se arrepender. Reconhecer os erros pode fazer você ganhar admiração: “Eu acho que eu agi precipitadamente”, “Eu disse algo com raiva , eu sinto muito”, ou ” Eu estava errado”  Quando você é honesto e aberto, você vai encontrar outras pessoas que podem convida-lo para o seu mundo particular.

Ser vulnerável é contagiante. Eu acho ! Quando isso acontece, você tornará mais sensível às muitas facetas de sua personalidade.  É como usar um óculos tridimensional, que proporciona novos conhecimentos e compreensão.

Vulnerabilidade tem uma beleza e um poder surpreendente . Quando você deixa vir “na  real” você brilha, você vai desfruta de mais  aceitação do que você jamais sonhou ser possível. Atreva-se a ser vulnerável !



Tags: ,

Copyright © 2014 O QUE É ISSO ? All rights reserved. Theme by Laptop Geek.